A história do Bitcoin.

Escrito por João Lacerda

Compartilhe agora mesmo:

Bitcoin é a criptomoeda mais antiga e famosa do mundo. A história do Bitcoin é muito colorida e envolve vários eventos emocionantes. A sua história ajuda a entender o presente, e conhecer a história do Bitcoin é recomendado para qualquer pessoa interessada em Bitcoin e outras criptomoedas. O objetivo deste texto é apresentar o Bitcoin e tal como me foi apresentada.
 

O que é Bitcoin?

Antes de se familiarizar com a história do Bitcoin, é bom revisar seus fundamentos. Bitcoin é a criptomoeda mais conhecida do mundo que utiliza a tecnologia blockchain. Bitcoin é baseado em código aberto e é gratuito para todos.

A quantidade máxima de bitcoins é 21 milhões de bitcoins. É possível dividir um Bitcoin em 100 milhões de unidades menores, nomeadas em homenagem ao seu criador, Satoshi Nakamoto como satoshis.

Novos bitcoins são criados no mundo em um processo de mineração e, ao contrário das moedas tradicionais, não é possível criar bitcoins indefinidamente. Ao contrário das moedas tradicionais (por exemplo, o euro e o dólar), o Bitcoin não está sob o controle de nenhuma parte.

Novos bitcoins são criados no mundo como taxas de mineração em conexão com a mineração. No blockchain Bitcoin, um novo bloco é extraído a cada 10 minutos. A taxa de mineração que os mineiros recebem pelo novo bloco é atualmente de 6,25 bitcoins.

A quantidade de novos bitcoins por bloco é reduzida pela metade a cada quatro anos (a cada 210.000 blocos).

A próxima redução do Bitcoin pela metade ocorrerá em 2024. O objetivo da redução do Bitcoin pela metade é evitar a inflação e manter estável a quantidade total de bitcoins.

A popularidade do Bitcoin como instrumento de investimento e pagamento cresceu tremendamente nos últimos anos. Mas como essa situação foi alcançada? Isso ficará claro a seguir, quando examinarmos mais de perto a história do bitcoin.

O nascimento do Bitcoin

A história do Bitcoin começou oficialmente em 2008, quando uma pessoa ou entidade desconhecida que usava o apelido Satoshi Nakamoto começou a procurar programadores para ajudá-lo em um projeto de Bitcoin. No entanto, Satoshi disse ter projetado Bitcoin por mais tempo.

O objetivo de Satoshi Nakamoto era criar um sistema de pagamento virtual totalmente descentralizado que alavancaria uma tecnologia revolucionária chamada blockchain.

Nakamoto criou o Bitcoin completamente independente de terceiros, como governos, bancos centrais e várias instituições.

O site oficial do Bitcoin foi registrado em agosto de 2008.

Em outubro de 2008, Satoshi Nakamoto publicou o white paper do Bitcoin, no qual ele descreveu para as pessoas as operações do Bitcoin e a tecnologia por trás dele.

O primeiro bloco de Bitcoin, mais conhecido como bloco de gênese, foi extraído em 3 de janeiro de 2009. O dia em que o bloco de gênese do Bitcoin foi extraído é agora geralmente considerado o aniversário do Bitcoin.

A primeira transação de Bitcoin foi feita em 12 de janeiro de 2009, realizada entre Satoshi Nakamoto e o desenvolvedor de software Hal Finney.

Satoshi Nakamoto explorou a si mesmo na maioria dos primeiros blocos do blockchain Bitcoin. Ele coletou para si mesmo um pote de mais de um milhão de bitcoins. Naquela época, o nível de dificuldade de mineração era baixo e era possível extrair novos bitcoins muito rapidamente.

O início de 2010

Satoshi Nakamoto criou o Bitcoin no melhor momento possível.

Em 2008 e 2009, o mundo foi abalado por uma crise financeira sem precedentes. Essa crise econômica foi resultado da política monetária imprudente dos bancos centrais. A confiança nos bancos tradicionais havia entrado em colapso e as pessoas esperavam por um novo tipo de sistema monetário.

Na primeira metade da década de 2010, a popularidade do Bitcoin começou a crescer a uma taxa tremenda e também foi possível fazer compras no mundo real com bitcoin pela primeira vez.

Em 22 de maio de 2010, a primeira compra no mundo real foi feita com bitcoins, quando uma pessoa chamada Laszlo Hanyez comprou duas pizzas com 10.000 bitcoins.

Este dia agora é conhecido como Dia da Pizza Bitcoin. Em 2010, vários novos serviços também começaram a ser desenvolvidos em torno do Bitcoin.

O mais conhecido desses serviços foi a bolsa de valores de bitcoin chamada Mt. Gox.

A história de Mt. Gox terminou em 2014, após ser submetido a hackers massivos. A invasão de Mt. Gox ainda é um dos eventos mais dramáticos da história do Bitcoin hoje.

Um mercado do Silk Road também influenciou a disseminação da reputação do Bitcoin no primeiro semestre de 2010. O Silk Road foi estabelecido em 2011 como um mercado especializado principalmente na venda de drogas.

Todos os pagamentos no Silk Road foram feitos em bitcoins. A história original do Silk Road finalmente terminou em 2013, quando as autoridades dos EUA encerraram o serviço e prenderam seu fundador, Ross Ulbright.

O último sinal do fundador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, foi em 2011, quando ele disse por email, que estava em mudanças.

Satoshi transferiu a responsabilidade pelo projeto para um programador chamado Gavin Andersen, que também se tornou o desenvolvedor líder da Bitcoin Foundation.

Em 2011, o mundo viu a primeira bolha de preço do bitcoin, quando o preço do bitcoin subiu de menos de um dólar para 30 dólares e depois voltou para dois dólares.

Anos de crescimento do Bitcoin

A popularidade do Bitcoin cresceu tremendamente desde seus primeiros anos. Os casos de uso do Bitcoin aumentaram e cada vez mais investidores em todo o mundo reconhecem o potencial do bitcoin como um investimento.

O Bitcoin experimentou três bolhas de preços ao longo de sua história; um deles aconteceu no final de 2013, quando o preço do bitcoin subiu de cem dólares para mais de 1.000 dólares em poucos meses. Depois disso, o preço do bitcoin teve tendência de queda até janeiro de 2015, quando o preço de um bitcoin era inferior a 200 USD.

No entanto, o interesse pela tecnologia bitcoin e blockchain estava se multiplicando.

Ao longo de 2016, o Bitcoin se consolidou como um fenômeno que não poderia passar despercebido pelos bancos. O interesse pelo bitcoin estava explodindo, e isso também se refletia no seu preço.

O preço do Bitcoin aumentou constantemente desde o início de 2015 até 2017. No final de 2017, experimentou a terceira bolha de preço em sua história, com o preço do bitcoin subindo para quase 20.000 dólares.

Como era de se esperar, a forte alta dos preços também levou a um aumento do interesse da mídia.

Na passagem de 2017 a 2018, o interesse pelo bitcoin era mais significativo do que nunca. O forte aumento no se valor também levou a um endurecimento da regulamentação.

A regulamentação do Bitcoin foi fortemente restringida, por exemplo, na China e na Coréia do Sul. No entanto, como sempre é o caso com bolhas, a terceira bolha da sua história terminou em uma queda acentuada no seu preço.

Ao longo da sua história, o Bitcoin recebeu diversos upgrades. Um dos upgrades mais famosos do bitcoin aconteceu em 2017, quando a atualização do SegWit do Bitcoin foi realizada.

A atualização do SegWit melhorou a capacidade da rede Bitcoin, mudando a forma como a rede protege as transações.

O tempo antes da atualização do SegWit também incluiu polêmica na comunidade.

A comunidade bitcoin foi dividida em dois grupos diferentes. Outro grupo queria melhorar a capacidade da rede Bitcoin aumentando o tamanho do bloco do blockchain.

Em contraste, a outra parte queria aumentar a escalabilidade do Bitcoin por meio da tecnologia de rede Lightning. Na prática, a tecnologia de rede relâmpago significa que transações bitcoin menores seriam transferidas para uma rede completamente separada.

Eventualmente, a controvérsia sobre a escalabilidade do Bitcoin se intensificou a ponto de um grupo que exigia blocos maiores retirou-se da comunidade como sua própria criptomoeda antes que a atualização do SegWit entrasse em vigor.

Essa criptomoeda é conhecida hoje como Bitcoin Cash.

O crescente interesse pelo bitcoin levou a novas trocas de criptomoedas em um ritmo acelerado ao longo dos anos 2010 e à introdução de mais produtos de investimento vinculados ao bitcoin, como opções e certificados.

Ao mesmo tempo, o bitcoin se tornou parte de um portfólio de cada vez mais investidores e instituições de varejo. A crescente popularidade do bitcoin e de outras criptomoedas também levou a um aumento na regulamentação do mercado de criptomoedas nos últimos anos.

Bitcoin é mais popular hoje do que nunca. A popularidade crescente do bitcoin também se refletiu no preço do bitcoin.

Os recursos exclusivos do Bitcoin o tornam uma moeda digital única. O Bitcoin é um investimento potencial e um concorrente do sistema bancário atual.

No geral, o futuro do Bitcoin parece muito brilhante no momento.

Um futuro que tem sido acompanhado por cada vez mais pessoas em todo o mundo.

Por si também, julgo eu… Ou não?

Escreva-nos em baixo algo sobre o Bitcoin, ou mesmo sobre outra criptomoedas que o tem despertado atenção.

Ao nosso sucesso,

João Lacerda

Compartilhe agora mesmo:

Se você está a começar e não sabe nada, aceite estas dicas PRECIOSAS que lhe envio nesta série de emails

100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade